Crédito Direto ao Consumidor

Núcleo de Controle de Operações de Crédito

O CDC – Crédito Direto ao Consumidor é uma categoria especifica do crédito parcelado. O diferencial consiste na finalidade do recurso a ser emprestado, no qual a destinação esta atrelada a aquisição de algum bem ou serviço. Nesse foco, os valores devem estar estimados nas faixas de valores do ativo a ser financiado.

Normalmente, o tratamento de concessão de CDC é feito pelo próprio lojista através de canais de acesso aos processos de simulação e concessão. Na opção por conceder o crédito são submetidas análise do tomador final, aplicando tratamento de avaliação de risco e capacidade financeira, tendo em vista que as garantias podem estar relacionadas ao próprio bem financiado.

O CRÉDITO COMERCIAL da PD CASE abrange os requisitos gerais para gerenciamento de operações de crédito, permitindo manter todo o controle de carteiras numa única fonte de dados.


Funcionalidades e considerações

A funcionalidade inicial do CRÉDITO COMERCIAL requer que a GESTÃO DE CRÉDITO determine todos requisitos de dados em função da modalidade de crédito. Desta forma, efetua-se a atribuição de controles que permitem o acompanhamento das operações de crédito, desde a sua aprovação até sua liquidação ou direcionamento para cobrança em atraso.

Vale ressaltar que a abrangência do CRÉDITO COMERCIAL considera que todos os cadastros de tomadores, avaliação de risco de crédito e avais/garantias já estejam realizados e aprovados.

Funcionalidades e considerações
Sistemática

Sistemática

O contexto consiste em gerenciar quaisquer operações. As funções aderentes ao sistema podem ser avaliadas no portifólio da PD CASE ou ajustadas conforme sistema legado mantido pela instituição.

A sistemática usual do mercado financeiro evidencia o tratamento em sistemas distintos conforme a modalidade de crédito. A prática, porém, permite verificar que as funções são recorrentes dos mecanismos cadastrais, avaliação de riscos, parcelamento, integrações de sistemas e controles de saldos.


Integrações e Modalidades de Crédito

O CRÉDITO COMERCIAL integra num único núcleo de controle todas as funções comuns, permitindo fazer integrações modulares conforme a modalidade de crédito contratada. A fonte de alimentação que lastreia as operações de crédito fomenta as bases de eventos, nas quais aplicam-se controles distintos.

A figura ilustra a diversidade de modalidades de crédito conforme a operacionalização, demonstrando-se os instrumentos financiáveis ou garantidores. Cada módulo possui interface distinta, porém com tratamento padronizado para efeito de manutenção das posições de crédito.

A área de crédito requer funções equivalentes a qualquer modalidade de crédito. A PD CASE oferece soluções adequadas ao mercado, que permitem agregar as funções auxiliares as carteiras de crédito.

Integrações e Modalidades de Crédito